Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Por que existe o Dia Internacional da Educação?

Por que existe o Dia Internacional da Educação?

No dia 28 de abril é celebrado o Dia Internacional da Educação. E por que ter uma data comemorativa? Na verdade, todos os dias devem ser da Educação, pois a maior parte do conhecimento humano se dá por meio deste processo.

A palavra “educação” geralmente nos remete a pensar em escola, alunos, professores, livros, cadernos e outros materiais. Lembrar-se do ambiente escolar está mesmo correto, mas, é importante lembrar que a família é a base da formação educacional de uma pessoa. Os pais ou responsáveis devem estar atentos e participar da formação dos valores sociais, éticos e morais dos filhos.

A figura da família é complementada pela escola, que ensina a vida em sociedade e o conhecimento mais técnico, que pode até mesmo ajudar os estudantes na escolha da vida profissional. Como já disse o educador e escritor Mário Sérgio Cortella, “a educação é responsabilidade da família. A escola faz a escolarização, que é parte da educação. Por isso, não é a família que ajuda a escola, mas sim o contrário”.


O Dia Internacional da Educação

O Dia Internacional da Educação foi estabelecido em referência ao encontro de representantes de 180 países no Fórum Mundial da Educação, que aconteceu no dia 28 de abril de 2000, em Dakar, Senegal. Na ocasião, foi assinado um documento no qual estes países se comprometiam a não poupar esforços para que a educação chegasse a todas as pessoas do planeta até 2015.

Infelizmente, o objetivo não foi atingido totalmente. Alguns avanços aconteceram, mas nem todos os povos têm acesso a uma educação de qualidade, que era o objetivo principal do Fórum.

No Brasil, especificamente, boa parte da população não tem acesso ao Ensino Fundamental. Erradicar o analfabetismo é uma meta que o País ainda não alcançou. Por outro lado, nas últimas décadas, houve ao menos a redução do analfabetismo e também elevação do nível de instrução da população.

Estes são apenas alguns dos principais problemas que a educação enfrenta no Brasil:

- os prejuízos relacionados com desvio e má aplicação do dinheiro público;

- a ineficiente fiscalização dos órgãos responsáveis, tanto da aplicação dos recursos públicos, quanto no cumprimento das normas e diretrizes ditadas pelo Ministério da Educação (MEC) para o funcionamento das instituições de ensino superior;

- desvalorização dos profissionais da educação, principalmente professores.


Ainda não é possível comemorar uma conquista completa, portanto, o Dia da Educação talvez deva ser utilizado como uma data para que todas as esferas governamentais (Federal, Estadual e Municipal), bem como, as iniciativas privadas repensem as estratégias e prioridades sobre a Educação, já que somos uma “Pátria Educadora”, que necessita formar e eleger líderes que tornem este nosso nome uma realidade.

Esta data também deve ser um reforço estimulante às famílias, para que sejam cada vez mais parceiras da escola.


Fontes: Ministério da Educação, Ministério Público Federal, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e revista Nova Escola.