Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Escolar / #PraPensar / 03/01 - Reforma Protestante – 500 Um caminho necessário... na Fraternidade!

03/01 - Reforma Protestante – 500 Um caminho necessário... na Fraternidade!

“Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a si próprios”. Romanos 12,10

Um dos eventos que marcou a história da Igreja, em 1517, foi a Reforma Protestante, quando um monge agostiniano alemão, Martinho Lutero, postou 95 teses na porta da igreja, na cidade universitária de Wittenberg. Esse ato foi considerado uma ruptura do monge com a instituição católica e promoveu um amplo e intenso debate sobre as práticas religiosas do seu tempo. Iniciamos 2017 irmanados na propositura de oração que nos agrega e une em torno das celebrações dos 500 anos da Reforma Protestante.

A fraternidade é uma construção que está sendo edificada e, por certo, resultará em bem-aventuradas consequências, segundo outras opiniões envolvendo líderes eclesiais luteranos, católicos, batistas, presbiterianos, metodistas e etc. Sejam nossas inclinações em orar por este alvo mundial em 2017 consideradas asseguradas e abençoadoras, em todas as denominações da nossa pátria.

Segundo o bispo Paulo Lockmann, “o Papa Francisco, reconhecendo a maneira discriminatória com que, muitas vezes, os Evangélicos - Protestantes foram tratados em diversas partes do mundo, tomou a iniciativa de pedir perdão, reunindo-se com vários segmentos do protestantismo, entre eles nós, metodistas.” Como resultado deste amplo relacionamento, no encontro tratou-se também do tema da santidade e ética nas relações humanas. “Inauguramos, ainda, um Centro de Hospedagem de Apoio a cristãos do mundo todo, uma casa metodista em convênio com nossa Igreja na Itália, onde também funcionará a agência do Concílio Mundial Metodista para a Europa”, confidenciou o bispo metodista.

O Concílio Mundial Metodista está sinalizando unidade dialogal, está com as portas abertas para conversações baseadas no documento "O chamado a Santidade". 2017 promete ser um ano de abençoadoras aproximações, por isso somos convocados a orar para que haja azeitamento e abundante graça nestes relacionamentos. Na verdade, a Reforma Protestante reformou o pensamento teológico, eclesiológico, bíblico, institucional, mas é preciso que tudo isso aconteça numa visão fraterna de comunhão e paz. Que nossa oração seja lançada como pão sobre as águas, e a unidade prevaleça entre o povo de Deus em toda a terra.

OREMOS POR PESSOAS QUE AJUDAM OS REFUGIADOS: Que elas se mantenham firmadas no amor ao próximo, sustentadas pelas misericórdias calorosas de Deus, sopradas pelo Espírito Santo. Nunca desanimem, saibam e confiem no Senhor que o trabalho que realizam não é em vão, em nome de Jesus!

Shalom!

Reverendo Luiz Rodrigues Barbosa Neto/Pastoral IEP/UNIMEP/Taquaral.